De: Coach BhiaBeatriz

Canoas, RS, Brasil


​​​​​​​Acordei hoje com VOZES DENTRO DA CABEÇA.

É muito comum a gente ouvir as pessoas dizendo: “Você precisa ouvir o seu coração.”

Mas ninguém ensina COMO é que se ouve o coração.

Eu acabei de descobrir o segredo para ouvir meu coração. Estou me sentindo tão abençoada por esta descoberta que decidi escrever esta Lição Extra para compartilhar com você este conhecimento recém adquirido.

Eu sempre acreditei que ouvir o coração era seguir a intuição e acabei de descobrir que não é só isto. Na verdade, isto é só uma parte do que significa ouvir o coração.

A outra parte é parar de tentar traduzir a linguagem do coração para a linguagem mental.

Explicando: As vozes que falam dentro da minha cabeça são vozes que falam o meu idioma, portanto posso compreendê-las usando a minha linguagem mental.

Algumas vezes quero fazer uma coisa e aquela voz dentro da minha cabeça diz assim: “Não faça porque isto não é legal para você, você vai se arrepender depois.”

E aquela voz me enche de medo.

Ou... “Não faça porque você não merece este prêmio, deixa isto pra lá.”

E agora a voz me enche de culpa.

Seria muito fácil se fosse sempre deste jeito, mas não é sempre assim que as vozes falam dentro da gente. Na maior parte das vezes as vozes não estão dentro da nossa cabeça, elas estão no coração.

O coração é silencioso por isto é mais difícil entender sua linguagem.

Sabendo disto, nossos inimigos silenciosos que são os sabotadores internos, usam a linguagem do coração para atrapalhar nossos planos instalando o medo, a culpa e outros sentimentos negativos para roubar a nossa felicidade.

Por que eu chamo os Sabotadores Internos de Inimigos Silenciosos?

Por que a gente não percebe que eles estão agindo?

Por que a maioria de nós nem sabe que eles existem?

Porque eles falam com a linguagem do coração e não com a linguagem da mente.

Eles não falam com você como eu falei agora: “Olha, você ganhou um dinheiro inesperado, só que você não merece este dinheiro. Então encontre rapidamente alguém ou alguma situação para você se livrar deste dinheiro, porque você não merece ficar com ele.

Se você ganhou um dinheiro inesperado e ouvir esta voz dentro da sua cabeça, saiba que isto é um Sabotador Interno seu que nasceu lá na infância e que em algum momento você precisou dele para te ajudar, mas agora ele está agindo contra você.

Você ganhou um dinheiro inesperado, é teu, vai aproveitar!

Só que existe uma programação está instalada dentro de você que vai agir contra você neste momento.

Quando você ganha este dinheiro inesperado você responde com a linguagem do coração e seu corpo inteiro passa uma mensagem de alegria.

Como a sua programação interna diz que você não merece aquela alegria os sabotadores internos serão ativados instantaneamente e ajudarão você a encontrar um jeito de se livrar do dinheiro recebido inesperadamente.

Sem consciência do processo interno, o que você faz?

Inconscientemente, você sai procurando um jeito de se livrar deste dinheiro.

Você não vai gastar este dinheiro com o prazer de ter recebido um presente inesperado. Você vai arrumar uma doença, ou arrumar um problema que não tinha antes, ou vai quebrar alguma coisa, ou vai emprestar para alguém que não vai devolver, ou vai dar este dinheiro de presente para alguém... enfim... você encontra um jeito de se livrar daquilo que está fazendo você sentir a culpa do não merecimento.

Qual é o segredo por trás disto?

Toda esta linguagem é feita com o coração. E a linguagem do coração funciona assim...

Você recebe a mensagem por todas as células do seu corpo. A mensagem entra pelo coração, se espalha por todo o seu corpo e você REAGE instantaneamente.

A linguagem do coração pode ser traduzida, mas a gente não aprendeu a fazer isto. E por não ter aprendido ninguém sabia ensinar isto para ninguém... até agora.

As pessoas costumam dizer: “Ouça o seu coração” porque elas entenderam que o coração fala, mas elas não sabem ensinar COMO OUVIR O CORAÇÃO.

Isto é da natureza daquela pessoa, ela sabe fazer mas não sabe ensinar. Ela sabe ouvir seu coração, mas não sabe COMO ela faz isto.

O não saber COMO ela faz isto é o impede que ela ensine Como Ouvir o Coração. Então ela só diz que você precisa ouvir, mas ela não ensina como.

Por isto as pessoas ficam se debatendo, tentando traduzir as mensagens da forma errada.

Eu acabei de aprender COMO SE TRADUZ A LINGUAGEM DO CORAÇÃO.

A linguagem do coração sempre virá através do seu corpo, você sempre vai ativar sentimentos que estão dentro de você e ao fazer isto vai reagir com comportamentos coerentes com aquele sentimento.

Ao reagir com comportamentos coerentes com aquele sentimento você vai produzir resultados coerentes com o comportamento que você teve.

E ao produzir resultados você vai ter estes resultados na sua vida, você vai materializar aqueles resultados. Na linguagem da Física Quântica você vai PLASMAR os resultados.

E quando você plasma alguma coisa, materializa um resultado, você passa a observar aquele resultado e começa o ciclo todo novamente.

Então quando alguém te disser: “Você precisa primeiro SER para depois FAZER para depois TER” esta pessoa está falando na linguagem da sua mente, na linguagem que você entende. Se você fala Português e ela falou em Português você entendeu o que ela disse. Se você fala Português e ela falou em Inglês você não entendeu, mas correu lá no Google, traduziu e entendeu também.

Agora, se a pessoa conseguir alcançar o teu coração e te falar estas mesmas coisas na linguagem do coração, aí você entendeu profundamente. O que não significa que você teve consciência de como você entendeu, você só entendeu.

No momento em que você entendeu você sai fazendo, ok... você tem a reação e o ciclo todo começa de novo.

Mas não sabe reproduzir.

Entender não significa que você está no controle. Você só assume o controle quando você sabe COMO você entendeu aquilo, como é o processo.

E o processo é este... Você para de tentar traduzir para a linguagem mental a linguagem do seu coração e se você quiser entender como o seu coração fala com você e como você reage a ele, tem que parar de tentar traduzir para a linguagem mental e observar o ciclo acontecendo na sua vida.

Exercício Prático

Você quer aprender a detectar como é o teu processo para entender o coração?

Então faça este exercício prático.

Escolha uma situação qualquer da sua vida, seja algo que está acontecendo agora, no dia a dia... seja uma situação passada que você tem uma lembrança completa que possa passar por todas as fases do ciclo... e analisa... escolhe um momento da tua vida e analisa aquele momento específico.

Repassa todo o ciclo OBSERVANDO. Não tenta traduzir nada, apena observa.

Observa e tenta entender com a linguagem mental o que você está observando.

NA PRÁTICA

Separe os seus dois EUs neste momento.

O Eu que sabe ouvir seu coração – o Eu Coração.

E o Eu que sabe ouvir a sua mente – o Eu Mental.

Então você vai separar: O Eu Coração e o Eu Mental.

O Eu Coração vivenciou aquela situação. Então você deixa ele lá, dentro da tela mental, como se fosse um filme que você está assistindo.

Agora você está assistindo um filme de uma cena vivenciada pelo teu Eu Coração.

Quem está assistindo este filme é o teu Eu Mental, ele está observando. Não é assistir para seu deleite, é assistir para OBSERVAR. Também não é para julgar, é para observar.

Você vai observar para entender como o seu Eu Coração fez o ciclo completo.

Voltando ao exemplo que usei antes...

Escolha uma cena de um momento em que você recebeu um dinheiro inesperado. Não importa se foi muito dinheiro ou pouco dinheiro, não importa.

Você recebeu um dinheiro inesperado. Alguém veio e pagou uma conta que você já tinha dado por perdida ou alguém te deu um presente em dinheiro ou você ganhou numa loteria, não importa como, o fato é que você recebeu um dinheiro inesperado.

(Estou dando um exemplo para ilustrar o exercício, não significa que você que está lendo este texto tenha passado por esta experiência. Pegue uma cena que você vivenciou na sua vida real para aplicar o exercício. Este é só um exemplo.)

Dito isto vamos continuar...

Neste exemplo você recebeu um dinheiro inesperado. O seu coração reagiu instantaneamente. O seu corpo todo sentiu alegria por ter recebido um dinheiro inesperado.

Mas dentro de você existe uma programação instalada com inimigos internos que te acusam de não merecer esta alegria. Então este dinheiro não pode ficar na tua mão.

Esta é a linguagem do teu coração. Então observe lá no filme da tela mental, o que está acontecendo com o teu Eu Coração.

O Eu Coração recebe o dinheiro, ele sente alegria por ter recebido o dinheiro, ele agradece pelo dinheiro e logo em seguida ele encontra uma forma de se libertar daquele dinheiro. Ou seja, até o momento em que ele recebeu aquele dinheiro ele não precisava daquele dinheiro. Quando o dinheiro entrou, logo em seguida, minutos depois que passou a fase da alegria, chegou uma conta para ele pagar... e adivinha qual era o valor da conta...

EXATAMENTE o mesmo valor do dinheiro inesperado.

O que isto significa?

Significa que o Eu Coração disse: “Olha você não merece este dinheiro e eu vou te ajudar, eu vou te livrar deste dinheiro aí. Já teve a tua dose de alegria, agora eu vou te ajudar a se libertar deste dinheiro aí. Então toma esta conta extra. Vai lá e paga... É o mesmo valor.”

O que o Eu Coração fez?

Foi lá, usou inteligentemente aquele dinheiro que não existia e pagou a conta ou consertou aquilo que quebrou. E ok.

O que o Eu Mental fez para justificar que você não merecia mesmo aquele dinheiro?

Se o Eu Mental entender assim: “Nossa, que legal, chegou esta conta extra e o dinheiro entrou junto, o mesmo valor. Incrível, eu não precisei gastar nada porque eu não tinha este dinheiro, mas ele entrou junto com a conta.” – então o Eu Coração não precisaria mais dar esta ajuda na próxima vez que entrasse um dinheiro inesperado. Ele perderia a função se você pensasse deste jeito. Você estaria desinstalando a programação dele inconscientemente.

Mas não é isto que a gente faz. A gente fica tentando traduzir mentalmente. E para justificar e o Eu Coração continuar te protegendo, que é a função desta programação que está instalada dentro de você, o que acontece é que você vai tentar traduzir a linguagem do coração.

E as vozes na sua cabeça falam assim: “Puxa, eu acabo de ganhar um dinheiro e já tenho que perder de novo?” E aí você aciona o modo VITIMA, que é um dos Sabotadores Internos e o discurso segue neste tom: “Eu sou um sofredor mesmo. Olha isso... acabei de ganhar um dinheiro extra e já veio a conta no mesmo valor, dá para acreditar nisto? Só acontece comigo.”

E aí você, com este pensamento, com este sentimento e com esta tradução para o Eu Mental, você vai ter mais do mesmo, você vai continuar alimentando a programação antiga e vai continuar dizendo para o teu Eu Coração: “Olha, o negócio é o seguinte, sou culpado mesmo, sou um coitado mesmo, não mereço mesmo, eu não consigo... tá vendo... acabei de ganhar um dinheiro e já se foi.”

Desta forma tudo se justifica e o ciclo recomeça.

Então se você quer interromper este ciclo, acabar com os inimigos internos, neutralizar a força dos Sabotadores Internos e fazer o teu Eu Coração entender que a tua programação interna mudou, que não precisa mais ser daquele jeito, então você precisa OBSERVAR a sua vida, as suas reações, o seu dia a dia constantemente até que você consiga instalar uma nova programação dentro de você.

O teu Eu Mental vai instalar a nova programação. O teu Eu Coração vai reagir à tua nova programação.

Mas para o Eu Mental instalar a nova programação você precisa aprender a observar e  traduzir a linguagem no modo observador.

Acione o modo observador para entender como você chegou naquele resultado, perceba o que aconteceu antes, durante e depois daquele resultado.

O próximo passo será criar uma nova programação mental para substituir aquela velha programação que está instalada dentro de você.

Se você quer aprender como criar a nova programação de forma rápida e segura o Programa Vida Ideal é a melhor escolha.

Aproveite esta oportunidade enquanto ainda dá tempo de entrar no Grupo.

Série #1 – LIÇÃO EXTRA

Como Aprender a Arte de OUVIR o Coração